Jornal O Legado 728x90
Banner regulus 728x90
Doriana - Fraternidade 728x90

A Cabala Infalível (Parte 2)

É importante observar que Deus tinha um propósito...

Por Texto de: Prof. Carlos Rosa (falecido) em 12/04/2023 às 12:22:41

Imagem de ilustração

Como eu havia prometido, voltamos a falar desta ciĂȘncia infalĂ­vel que é a Cabala e como a Numerologia CabalĂ­stica interage com ela, tornando-se a "Arte Divinatória", mas exata que se tem notĂ­cia. Para se ter uma pequena ideia da importância da Numerologia CabalĂ­stica, vamos iniciar este artigo falando de dois personagens mundialmente conhecidos: Deus e Jesus. Vamos começar pelo Grande Arquiteto do Universo. Quando Deus decidiu fazer uma religião monoteĂ­sta, escolheu trĂȘs seres: Abrão, sua mulher Sarai e Jacob. Porém, tais nomes não condiziam com os Seus objetivos, e, assim, não lhe restou alternativa a não ser "mudar" o nome desses personagens. Abrão (7), se transformou em Abraão (8), GĂȘnesis-17:5. Sarai (8), Ele transformou em Sara (7), GĂȘnesis-17:15. Quanto a Jacob, a transformação foi mais radical: Jacob (5), transformou-se em Israel (6), GĂȘnesis-35:10.

É importante observar que Deus tinha um propósito: criar uma "nova" religião; porém, os personagens iniciais "não tinham" nomes compatĂ­veis com o projeto em questão, por isso Ele os mudou e harmonizou o Seu projeto.

Quanto a Jesus, talvez seja esta a primeira vez que alguém vai ler sobre o porquĂȘ Ele alterou o nome de alguns Apóstolos. Espero que gostem do artigo, e desde jĂĄ me coloco à disposição de qualquer leitor para dirimir qualquer dĂșvida que advenha deste. Jesus, que era Cabalista, judeu, nascido em Nazaré e Numerólogo, escolheu seus Apóstolos segundo os ritos da Numerologia Cabalista. Ele deveria ter "todos" os nĂșmeros: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 11 e 22. Acontece que entre os Apóstolos não existia nenhum com nĂșmero 2, 8 e 11. O que fazer? Simples! Jesus pegou Lebeu (3) e transformou-o em Tadeu (2); Tomou um dos Simões (1) e transformou-o em O Zelote (11) e o outro Simão (1) e transformou-o em (8), o nĂșmero do poder, da mesma forma que Deus transformou Abrão (7) em Abraão (8), Mateus-10:2 a 4.

Vamos a seguir, dar um resumo dos predicados de cada nĂșmero cabalista correspondente aos nomes das pessoas:

NĂșmero 1: corresponde ao lĂ­der, às pessoas influentes, pioneiras, aos inventores e planejadores – embora muitas vezes esses indivĂ­duos realizem seus projetos sem levar em conta as pessoas envolvidas. Tendem a dominar, consciente ou inconscientemente, todos os seus conhecidos. Raramente tĂȘm amigos Ă­ntimos e, apesar de se mostrarem confiantes, em geral são muito solitĂĄrios.

NĂșmero 2: É o nĂșmero das pessoas passivas e receptivas. Em geral são calmas, gentis, bondosas, organizadas e escrupulosas. Apesar de não serem ambiciosas, conseguem tudo o que desejam, mas sempre pela persuasão, nunca pela força. Uma caracterĂ­stica negativa é a hesitação. AliĂĄs, essa tendĂȘncia em protelar decisões importantes, sem motivo aparente, quase sempre lhe traz aborrecimentos futuros.

NĂșmero 3: É o nĂșmero dos extrovertidos, dos inteligentes, criativos e espirituosos. Fazem amigos com grande facilidade e tĂȘm ĂȘxito em tudo o que empreenderem. Normalmente ambiciosos e orgulhosos, vivem à procura de prazer. Tem como grande fraqueza a incapacidade de levar as ideias e as pessoas a sério por muito tempo.

NĂșmero 4: Corresponde às pessoas realistas e equilibradas, àquelas em quem se pode confiar. Falta-lhes a versatilidade do 1 e do 3, mas isso é compensado por seu agudo senso de justiça e pela atenção meticulosa com que considera todos os detalhes. Quando não evoluĂ­do espiritualmente, descontrola-se com certa frequĂȘncia, tendo acessos de raiva sem motivo aparente. Erradamente, os numerólogos "pseudo pitagóricos" consideram este nĂșmero como o do "azar"; claro que não existe nenhuma verdade nisso, pois os seus possuidores normalmente são prĂĄticos, racionais, equilibrados e especialistas em driblar os imprevistos e também bem sucedidos financeiramente.

NĂșmero 5: Os possuidores deste nĂșmero no nome normalmente são espertos, inteligentes, brilhantes e impacientes. Gostam de vida movimentada, de conhecer novas pessoas e experimentar novas sensações. Em sua grande maioria, são muito atraentes do ponto de vista fĂ­sico, sendo considerado o nĂșmero da sensualidade: costumam ter vida sexual variada e excitante, porém muitas vezes problemĂĄtica. Adora mudanças: de casa, de emprego, de companheiro, etc.

NĂșmero 6: EstĂĄ entre os mais serenos e calmos de todo o sistema numerológico. São tranquilos, equilibrados e caseiros. Também possuem grande afetividade, além de se mostrarem leais e sinceros, às vezes, sinceros até demais. São criativos e muitos são bem sucedidos nas artes cĂȘnicas, ou seja, são excelentes artistas, principalmente de teatro. O aspecto negativo de sua personalidade é a tendĂȘncia à vaidade e ao egoĂ­smo.

NĂșmero 7: É o nĂșmero dos solitĂĄrios e introspectivos. Em geral são filósofos, mĂ­sticos ou ocultistas – pessoas que tendem a se manter isoladas, preferindo contemplar a vida em vez de participar de sua agitação. São indivĂ­duos compenetrados e discretos, e conseguem manter grande domĂ­nio sobre si mesmo. Indiferente à glória e às riquezas materiais (por isso Deus mudou o nome de Abrão para Abraão), podem parecer distantes e distraĂ­dos, mas não deixam de manter amizades duradouras. TĂȘm dificuldades para se exprimir e normalmente evitam discussões.

NĂșmero 8: É considerado o nĂșmero do "Poder", e as pessoas que se associam a ele são, com frequĂȘncia, empresĂĄrios, polĂ­ticos, advogados e também dos avarentos. As pessoas com este nĂșmero no nome normalmente alcançam o ĂȘxito com trabalho duro e persistente, não raro realizado em detrimento da afetividade e do calor humano. Dão sempre a impressão de serem ĂĄvidos e egocĂȘntricos, mas, por trĂĄs dessa aparĂȘncia desumana, pode haver um toque de extravagância que acaba cativando os outros. É persistente, analĂ­tico e sabe agir com muita diplomacia para conseguir tudo o que deseja.

NĂșmero 9: É o ĂĄpice da realização intelectual e espiritual. Neste grupo encontram-se os românticos, os idealistas e os visionĂĄrios – poetas, lĂ­deres religiosos, médicos, cientistas, filósofos e verdadeiros esotéricos. Destacam-se pelo altruĂ­smo, pela vida disciplinada e pela determinação com que lutam por seus objetivos. Seu idealismo estĂĄ voltado para a humanidade como um todo. É independente, confiante e corajoso.

NĂșmero 11: É o nĂșmero daqueles que estão destinados às grandes realizações, grandes revelações e a grandes martĂ­rios. Em geral são pessoas com vocação para médicos, pregadores religiosos, enfermeiras, eméritos professores, geniais artistas ou até mesmo grandes estadistas. Acreditam que ideias importam mais do que indivĂ­duos de carne e osso. Normalmente são idealistas, intuitivos, sensĂ­veis a forças psĂ­quicas, dramĂĄticas, vibrantes, mĂ­sticas, nervosas, imaginativas e pensadores inspirados. Raramente se adaptam ao mundo dos negócios sentem-se mais felizes numa posição na qual possam expressar seus ideais.

NĂșmero 22: É o nĂșmero supremo; possui todas as caracterĂ­sticas "boas" dos outros nĂșmeros. Se um indivĂ­duo que tem 22 no seu nome desejar ser algo que em princĂ­pio pareça impossĂ­vel, não duvide, ele com certeza conseguirĂĄ o seu objetivo, e sem muita dificuldade. É prĂĄtico, habilidoso, honesto, cordial, idealista, inspirado e um eficiente organizador com um grande potencial de realização. É um magnĂ­fico construtor que embeleza à medida que constrói, que abre novos campos e os torna acessĂ­veis a todos.

IMPORTANTE: Amigo leitor, por favor, não procure fazer analogia destes nĂșmeros com os da chamada numerologia pitagórica, pois os valores numéricos são totalmente diferentes e não correspondem à verdade milenar pregada pela Cabala hĂĄ mais de 8 mil anos.

Comunicar erro
Regulus 728x90
Doriana - Fraternidade 728x90