Jornal O Legado 728x90
Banner regulus 728x90
Doriana - Fraternidade 728x90

A Astrologia

O princípio em que se sustenta a astrologia é a máxima esotérica de que o microcosmo é um retrato do macrocosmo ou ainda que "o que está em cima retrata o que está em baixo"...

Por Nilza Marculino Silva - Astróloga - em 03/05/2023 às 10:54:33

Imagem de ilustração

A astrologia estuda a relação que existe entre a posição dos astros no momento em que o indivíduo nasceu e os fatos na vida desta pessoa.

O princípio em que se sustenta a astrologia é a máxima esotérica de que o microcosmo é um retrato do macrocosmo ou ainda que "o que está em cima retrata o que está em baixo".

De uma maneira prática, assim como o DNA tem em si a fórmula de como o corpo do indivíduo será, o mapa astral (retrato do céu no momento do nascimento) aponta fatos e tendências de sua vida, é uma impressão digital que não se repete.

Você não precisa acreditar na Astrologia; ela funciona porque é uma manifestação do homem e assim de natureza macrocósmica. Ela vai funcionar independentemente do que pensamos ou deixamos de pensar.

Quando falamos de Astrologia, não estamos falando de astrólogos. Os seres humanos são muito vulneráveis às coisas mundanas. Assim, tanto existem os astrólogos competentes como os incompetentes, desinteressados e materialistas, sérios e imorais. A proposta astrológica, porém, é ampla e de caráter nitidamente superior, transcendendo defeitos e virtudes humanas.

Na prática astrológica, ao se fazer um mapa natal (de nascimento) de uma pessoa, o seu passado, presente e tendências futuras estão ali revelados. Como interpretar este mapa de aparência tão modesta, uma roda com dez símbolos planetários?

Nestes 5000 anos os interessados no assunto vêm registrando as coincidências ocorridas. Tudo leva a crer que Saturno colocado em certa posição sugere a escolha de algumas profissões ou que um Marte no topo do mapa indica energia ativa. A pergunta é: isto ocorre sempre? A resposta é não. Se tivéssemos as estatísticas 100% corretas aí a resposta seria sim.

Desde que os computadores entraram na rotina diária, foi possível fazer levantamentos sistemáticos comparando mapas astrais com a biografia dos nativos. Hoje temos dados confiáveis em nível de 60 ou 70%. Outros não atingem modestos 30%. O erro não está na proposta astrológica, mas nos observadores, pesquisadores e astrólogos.



Comunicar erro
Regulus 728x90
Doriana - Fraternidade 728x90